Princípios Constitucionais









Princípios Constitucionais
páginainicial.jpg
Geralmente, ouvimos em diversos lugares que: “Todos têm direitos iguais”. É fato. Está escrito no Artigo 5º da Constituição Federal. Porém, boa parte da população os desconhece essa, que é apenas uma pequena parte da infinidade de benefícios, se  se pode dizer assim, pertinentes à população.
 

Uma vez que seja direito de todo cidadão brasileiro ter ciência dos seus benefícios e garantias – e deveres, é claro – espera-se que não apenas sejam aprofundados assuntos relativos à área de exatas ou humanas, durante o tempo que ele passa em sala de aula. É uma iniciativa ponderada e a prática da cidadania seria percebida claramente.

 

páginainicial1.jpgOutra forma de nos interessarmos por nossa legislação, é quando estamos aptos a prestar os tão desejados concursos públicos. Para se fazer as provas de concursos públicos desse cunho, é necessário que se saiba pelo menos alguns dos princípios da Constituição. É exigido, no mínimo, o L.I.M.P.E. A sigla significa o que deve ser de notório conhecimento, que são os princípios: da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência na administração pública.
 
Neste site, será possível ter uma base  e saber por onde iniciar seus estudos a respeito de nossa Constituição. Para que possa se nortear, é preciso conhecer, primeiramente, o que é uma Constituição, bem como, no caso da brasileira, saber em que foi baseada e quais movimentos populares deram início à democracia e qual é, hoje, o sistema de governo do Brasil e  em diversos outros países.